Projetos

Manejo de resistência a inseticidas na cultura do tomate: Suscetibilidade de populações da traça do tomateiro a inseticidas

Este trabalho teve o objetivo de detectar e monitorar a resistência de populações brasileiras da traça do tomateiro Tuta absoluta (Meyrick) (Lepidoptera: Gelechiidae) para elaborar plano de manejo desta resistência. Foram estabelecidas curvas concentração-mortalidade para os principais inseticidas usados no Brasil para controle de T. absoluta. O nível de resistência foi estabelecido através da relação CL80/ dose recomendada. As populações de T. absoluta não apresentaram resistência aos inseticidas dos grupos das avermectinas, naturalyte e oxadiazianas. As populações de T. absoluta das regiões Sudeste e Centro-Oeste (Cerrado) não apresentaram resistência a bifenthrin. Já a população do estado de Pernambuco não apresentou resistência ao teflubenzuron. Foi estabelecido um plano de manejo da resistência de populações de T. absoluta para as regiões Sudeste, Centro-Oeste (Cerrado) e Nordeste em função do sistema e época de cultivo.

 

Clique aqui para fazer o download do projeto completo

Para mais informações sobre a praga acesse o site defesavegetal.net

1/2
  • Wix Facebook page
  • Wix Twitter page

Comitê Brasileiro de Ação à Resistência a Inseticidas - IRAC-BR - 2020

Desenvolvido por Allge Pesquisa e Desenvolvimento