Institucional

Diretoria      Membros      Estatuto

 

Introdução

A evolução da resistência de pragas a pesticidas tem sido um dos grandes entraves em programas de MIP em diversas culturas a nível mundial. Dentre as consequências da resistência estão a aplicação mais freqüente de produtos, uso de dosagens acima da recomendada no rótulo ou na bula do produto, uso indevido de mistura de produtos, e mudança de produto (geralmente para um produto mais caro e/ou mais tóxico) na tentativa de se obter um controle satisfatório de uma determinada praga. Apesar da relevância do problema da resistência, poucos são os estudos nesta área no Brasil. Um dos recentes avanços para a implementação de programas de manejo da resistência de pragas a pesticidas no Brasil foi a criação do IRAC-BR (Comitê Brasileiro de Ação a Resistência a Inseticidas) em maio de 1997.

 

O IRAC-BR foi implantado nos mesmo moldes dos similares europeu e norte-americano (IRAC - Insecticide Resistance Action Committee). A entidade pertence a um subgrupo da Federação Global de Proteção de Plantas, sendo reconhecida pela FAO (Organização de Agricultura e Alimentação) e WHO (Organização Mundial de Saúde). Seu objetivo principal é fomentar pesquisas e desenvolvimento de trabalhos com produtos fitossanitários, além de prover informações estratégicas sobre manejo de resistência de pragas a inseticidas e acaricidas no país. A missão do IRAC-BR é manter todas as classes de inseticidas e acaricidas como viáveis opções de controle, através de um programa de parceria com instituições de pesquisas, extensionistas e produtores para o uso de produtos fitossanitários de maneira sustentável.

 

O IRAC-BR é composto por profissionais de empresas da área fitossanitária (Basf, Bayer, Corteva Agriscience, FMC, IHARA, ISK Biosciences do Brasil, LP Sementes, Nichino do Brasil, Nufarm, Ourofino Agrociência, Sumitomo Chemical, Syngenta, UPL), consultores técnicos (Celso Omoto - ESALQ/USP e Raul N. C. Guedes - UFV) e representantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA.

 

Desde sua criação, vem trabalhando em três projetos básicos: institucional, educacional e de pesquisa. O institucional foi concebido para apresentar o IRAC-BR à comunidade científica, extensionistas e produtores rurais. O educacional tem como meta a criação de material técnico-didático para divulgação das questões relacionadas à resistência e implementação de estratégias de manejo. O projeto de pesquisa visa a maximizar esforços no intuito de monitorar e desenvolver trabalhos específicos no campo de resistência de pragas a pesticidas.

1/2
  • Wix Facebook page
  • Wix Twitter page

Comitê Brasileiro de Ação à Resistência a Inseticidas - IRAC-BR - 2020

Desenvolvido por Allge Pesquisa e Desenvolvimento