Projetos

Ácaro rajado, Tetranychus urticae

O ácaro rajado, Tetranychus urticae Koch (Acari: Tetranychidae), considerado um dos ácaros de maior importância econômica em todo o mundo, tem causado consideráveis prejuízos em diversas culturas no Brasil. Seu controle vem sendo realizado quase que exclusivamente com o uso de pesticidas químicos, cujo impacto ambiental pode ser bastante significativo (Watanabe et al. 1994).

 

Mesmo quando aplicações regulares de acaricidas são realizadas, existem muitos casos em que o controle de T. urticae mostra-se ineficiente. Uma das razões desta ineficiência pode estar associada ao desenvolvimento de resistência do ácaro aos acaricidas (Edge & James 1982). Além disso, com o uso inadequado de pesticidas tendem a ocorrer problemas de ressurgência da praga, devido à eliminação dos inimigos naturais (Van de Vrie et al. 1972).

 

O desenvolvimento de resistência em insetos e ácaros tem sido um dos maiores problemas no controle de pragas, dificultando bastante a recomendação de defensivos agrícolas aos agricultores. A resistência de T. urticae a pesticidas tem sido documentada para diferentes culturas em vários países (Flexner et al. 1988, Tian et al. 1992). No Brasil, ainda são poucos os trabalhos referentes à resistência desta espécie a acaricidas (Chiavegato et al. 1983, Sato et al. 1994, Souza Filho et al. 1994, Suplicy Filho et al. 1994, Takematsu et al. 1994), limitando-se apenas ao monitoramento da resistência.

 

Clique aqui para fazer o download do projeto completo

1/2

Comitê Brasileiro de Ação à Resistência a Inseticidas - IRAC-BR - 2020

Desenvolvido por Allge Pesquisa e Desenvolvimento