Saiba mais sobre Leucoptera coffeella (bicho-mineiro)


O bicho-mineiro, Leucoptera coffeella, é uma praga de grande importância na cultura do café. Se trata de espécie de mariposa de coloração branca e tamanho bem reduzido, cuja fase larval se desenvolve no interior das folhas do cafeeiro.


Os danos às plantas são causados pelo consumo do conteúdo das folhas pela fase larval causando desfolha de até 70%, redução da capacidade fotossintética e consequente redução da produtividade.


Adaptado a regiões de temperaturas elevadas, o bicho-mineiro é favorecido principalmente em condições de baixa umidade relativa do ar, podendo chegar a levar aproximadamente 14 dias para um indivíduo sair do estágio de ovo para adulto.


Com ciclos de vida mais curtos aumentam os números de gerações anuais e somado a isso, a exposição indevida destas populações a inseticidas do mesmo modo de ação acelera o processo de evolução de resistência aos inseticidas.


O IRAC-BR recomenda segregar o manejo do bicho-mineiro na cultura em janelas de aplicação. Cada janela de aplicação deve ser o tempo necessário para a praga passar por uma geração (ovo, larva a adulto) ou a duração do efeito de uma única aplicação do inseticida usado (o que for mais longo). A janela de aplicação para o bicho-mineiro pode variar entre 15 a 20 dias.


Saiba mais sobre esta e outras espécies-praga no nosso site!


Mais recentes
Siga-nos