Chrysodeixis includens (falsa-medideira): Uma das principais pragas das culturas da soja e algodão


A lagarta falsa-medideira (Chrysodeixis includens) é uma das principais pragas das culturas da soja e algodão no Brasil. É um inseto polífago que ocasiona desfolha e a diminuição na produtividade. Uma das principais estratégias utilizadas para o seu manejo é a aplicação de inseticidas químicos sintéticos (controle químico). Porém, a utilização inadequada de inseticidas pode reduzir a suscetibilidade da espécie, devido à seleção de indivíduos resistentes.


Desde a safra 2013/14 a PROMIP tem conduzido projeto de pesquisa com o objetivo de caracterizar a suscetibilidade das populações de C. includens oriundas dos estados do Mato Grosso, Paraná, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Bahia e Minas Gerais. Em 2018-2019, o Laboratório de Entomologia da Universidade Federal de Santa Maria deu continuidade ao projeto de pesquisa para direcionar e avaliar as estratégias de manejo da resistência de C. includens no Brasil.


Com a adoção das estratégias de manejo da resistência associadas a outras práticas de manejo integrado de pragas (MIP), espera-se prevenir/retardar a evolução da resistência da lagarta falsa-medideira aos inseticidas recomendados para o seu controle. Para isso, recomenda-se que inseticidas com modo de ação distintos sejam utilizados em rotação, seguir o esquema de “janelas de pulverização” (cada janela tem duração de ± 30 dias – período de uma geração da praga), uso de cultivos Bts (Grupo11), plantio de refúgio, evitar o uso de inseticidas que apresentam problemas de resistência e consultar Eng. Agrônomo para determinar quais inseticidas devem ser utilizados.


Confira em nosso site mais informações sobre o monitoramento da resistência desta e outras espécies de insetos-praga.


Mais recentes
Siga-nos