Manejo da resistência: Adoção de doses recomendadas de inseticidas


Uma das estratégias do Manejo da Resistência de Insetos (MRI) é a adoção de doses recomendadas na bula dos inseticidas ou por um profissional habilitado. Essa dose é determinada a partir da avaliação das condições ideais para que o produto seja realmente eficiente, levando em consideração a praga e a cultura.


A dose do inseticida influencia diretamente na mortalidade da praga-alvo. O uso de doses inadequadas pode impactar na seleção de indivíduos resistentes. Sendo assim, a mortalidade dos indivíduos é essencial para minimizar a evolução da resistência.


Além disso, estratégias complementares podem ser necessárias para manter a população da praga-alvo em níveis abaixo daqueles que causam danos econômicos, como a rotação de produtos com modo de ação diferentes, seguindo o conceito de janelas de pulverizações e outras.


O objetivo é reduzir o risco para a evolução da resistência na população de insetos praga, adotando medidas que ajudam a retardar o processo de evolução da resistência. Dessa forma, o MRI se destaca como um importante componente dos programas de Manejo Integrado de Pragas (MIP).


Saber mais sobre o manejo da resistência de insetos aos inseticidas em nosso site!


Mais recentes
Siga-nos