Dê preferência para os inseticidas seletivos aos inimigos naturais


Os inimigos naturais são muito importantes em campo como fator de equilíbrio do agroecossistema. Ajudam a promover o aumento da competição interespecífica, a diminuição da ressurgência de pragas, controle de pragas secundárias e auxiliam a retardar a evolução da resistência de pragas aos inseticidas aplicados.


Por isso, uma das estratégias que faz parte do Manejo Integrado de Pragas (MIP) e que contribui positivamente para o Manejo da Resistência de Insetos (MRI) é a utilização preferencialmente de inseticidas seletivos aos inimigos naturais dos insetos-pragas. A importância desse método é minimizar a exposição dos inimigos naturais, preservando as populações destes organismos, ao mesmo tempo que controla as espécies-praga.


Esta e outras recomendações para o manejo da resistência de insetos você encontra em nosso site. Confira!


Mais recentes
Siga-nos